Publicidade

Publicidade
1 2 3 4 5

ELEIÇÕES 2016: Mais de cinco mil candidatos são “fichas-sujas”


O Ministério Público Eleitoral (MPE) identificou 5.179 candidatos “fichas-sujas” para as eleições de outubro, quando serão disputados os cargos de vereador e de prefeito. O balanço parcial engloba todos os estados e foi feito com base no sistema do MPE, que cruza informações dos tribunais de contas, conselhos profissionais e do Judiciário para embasar as ações de impugnação dos candidatos.

Em Pernambuco, 246 candidaturas foram identificadas como irregulares. O estado de São Paulo registrou 1.420 mil candidatos com irregularidades nos registros, seguido por Minas Gerais (640) e Paraná (476). Os dados levam em conta os 488.276 registros de candidaturas recebidos pela Justiça Eleitoral.

Com o registro, caberá aos juízes eleitorais julgar os pedidos de candidatura, que poderão ser indeferidos caso os candidatos não cumpram os requisitos legais, entre eles estar elegível pela Lei da Ficha Limpa. Entre as causas de inelegibilidades, a norma impede que pessoas condenadas por órgãos colegiados possam disputar eleições pelo prazo de oito anos.

Fonte: Agência PE4
Ler Mais

Vacina contra esquistossomose chega ao SUS em 3 anos


A primeira vacina contra a esquistossomose, que afeta mais de 200 milhões de pessoas em todo mundo, estará pronta em 2020. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pela pesquisa anunciou, que, após 30 anos de estudos, a produção em larga escala e distribuição da vacina da SM14 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) começará em aproximadamente três anos.

O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, ressaltou que, no longo prazo, as imunizações também terão efeitos econômicos benéficos para os países mais pobres do planeta, que hoje têm altos gastos com saúde e falta de mão de obra produtiva, já que a esquistossomose é uma doença que não tem cura.

“Junto com a malária, essa doença é um dos maiores problemas globais que atingem populações negligenciadas. Hoje cerca de 800 milhões de pessoas estão sob risco de ter esquistossomose, e a vacina é um atalho para reduzir essa transmissão de maneira eficaz do ponto de vista do custo também”, disse Gadelha. “Será uma vacina muito acessível. A expectativa é que chegue a US$ 1 a dose, de forma que todos que os precisem da vacina tenham possibilidade de ser imunizados.”

A pesquisa para o desenvolvimento da vacina foi escolhida como uma das cinco prioridades pela Organização Mundial da Saúde. Relacionada à precariedade de saneamento, a esquistossomose é transmitida pela água contaminada com as larvas do verme. A doença tem áreas endêmicas em mais de 70 países. No Brasil, 19 estados apresentam casos, com predominância da Região Nordeste, além dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo.

            Fiocruz Pernambuco tem serviço de referência em esquistossomose

Na nova fase de estudos clínicos, a vacina será testada em moradores do Senegal, na África, uma área onde a doença é altamente endêmica. O Senegal foi escolhido também pelo fato de contar com as duas espécies do parasita que transmite a esquistossomose. De acordo com a pesquisadora Miriam Tendler, do Instituto Oswaldo Cruz, que participa dos estudos sobre a vacina, essa etapa é vital, pois vai avaliar a segurança do produto.

“[A vacina] será testada em uma população que convive com o parasita – são indivíduos que já tiveram a doença e têm informação imunológica sobre o parasita, uma situação de stress máximo, que é a situação que vai ocorrer no futuro. Então, esta talvez seja uma das etapas mais importantes da pesquisa”, disse Miriam.

O parasita que transmite esquistossomose vive nas veias de drenagem do trato urinário e dos intestinos. A pessoa infectada pode desenvolver uma erupção cutânea ou coceira no local em que o parasita penetrou na pele. A maioria das pessoas, no entanto, não tem sintomas na fase inicial da infecção. De um a dois meses após a infecção, quando o parasita atinge o sangue e "viaja" por dele, a pessoa pode sentir febre, calafrios, tosse e dores musculares. O parasita então pode passar para o fígado, o intestino ou a bexiga.

O sinal clássico da esquistossomose urogenital é hematúria (sangue na urina). Fibrose da bexiga e do ureter e danos renais são, por vezes, o diagnóstico em casos avançados. O câncer de bexiga é outra complicação possível nas fases posteriores.

Fonte: Agência Brasil
Ler Mais

Cade investiga supostos cartéis no mercado de Gás de Cozinha no Nordeste


A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) instaurou processo administrativo para apurar supostas práticas de cartel nos mercados de distribuição e revenda de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, na Região Nordeste. A abertura da investigação está formalizada em despacho no Diário Oficial da União (DOU).

Estão sendo investigadas as distribuidoras de GLP Bahiana Distribuidora de Gás, Companhia Ultragaz, Copagaz Distribuidora de Gás, Liquigás Distribuidora, Minasgás, Nacional Gás Butano Distribuidora e Supergasbras Energia Ltda. Também estão sendo investigadas as revendedoras Frazão Distribuidora de Gás, Revendedora de Gás do Brasil, Revendedora de Gás da Paraíba e Super Comércio de Água e Gás.

Ainda são alvo do processo 27 pessoas físicas relacionadas a essas empresas e pertencentes ao Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Derivados do Interior da Paraíba (Sindirev).

O Cade explica em nota que, segundo o parecer da Superintendência, as práticas afetaram duas etapas sucessivas da cadeia produtiva de GLP. “Há evidências de que os acusados se organizaram com o objetivo de limitar a concorrência por meio da fixação de preços e divisão dos mercados de distribuição e de revenda do produto. Essas práticas foram complementadas por restrições impostas pelas distribuidoras às revendedoras e por trocas de informações comercialmente sensíveis, de maneira a promover a regulação artificial do mercado de GLP e facilitar a manutenção dos supostos cartéis.”

O caso teve início em 2009, com uma representação da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Depois, foram instauradas investigações pela Polícia Federal e Ministérios Públicos de vários Estados do Nordeste.

Com a instauração do processo administrativo, os representados serão notificados para apresentar defesa. Ao final da instrução, a Superintendência-Geral opinará pela condenação ou arquivamento do caso, encaminhando-o para julgamento final pelo Tribunal do Cade. Em caso de condenação, as empresas podem pagar multas que variam de 0,1% a 20% de seus faturamentos e as pessoas físicas de 1% a 20% do valor aplicado à pessoa jurídica.

Fonte: Estadão Conteúdo
Ler Mais

'Festival de Inverno Alto do Moura' acontece neste fim de semana em Caruaru


Será realizado neste sábado 27 e domingo 28 de agosto, o "Festival de Inverno Alto do Moura" em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a organização do evento, a festa que este ano chega à 5ª edição, tem entrada gratuita. 

Os shows acontecem na Rua Mestre Vitalino. No sábado, as apresentações terão início às 20h deste sábado e no domingo às 16h.

Para o festival estão previstos shows de Elifas Junior, Lucas Costas, Edmilson do Pife e Banda Pen Drive neste sábado. Já no domingo, apresentam-se Forró do Firma, Faringes da Paixão, Luciano Show e Humberto Bony.


Serviço

Festival de Inverno Alto do Moura

Local: Alto do Moura
Endereço: Rua Mestre Vitalino
Período: 27 e 28 de agosto
Horário: Sábado às 20:00hs e domingo às 16:00hs
Acesso: Gratuito.


Ler Mais

Mais de 2.000 demissões foram registradas no mês de julho em Caruaru


Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mostram que Um total de 1.960 postos de trabalho foram desativados enquanto 1.759 admissões foram registradas no mês de julho em Caruaru.

No sétimo mês do ano, os números apontaram uma redução de 201 empregos com carteira assinada no município. Na microrregião onde o município está localizado - o Vale do Ipojuca - houve uma queda de 293 empregos. Em julho, conforme consta nos dados do Caged, 2.350 pessoas foram admitidas, enquanto 2.643 foram demitidas.

Em Caruaru, as ocupações de vendedor de comércio varejista e servente de obras foram as que mais registraram demissões. Um total de 222 e 137  vagas de emprego formal foram reduzidas no período, respectivamente. 

Já operador de vendedor de comércio varejista e vendedor de rua foram as que mais registraram contratações, com 181 e 150 vagas geradas. 

Fonte: G1.
Ler Mais

Projeto Teatro na Comunidade apresenta musical sobre ecologia no Polo Caruaru


No próximo domingo (28), tem espetáculo no Polo Caruaru, dessa vez com os estudantes da Escola Professora Jesuína Pereira Rego, que realizam um musical totalmente sobre ecologia e preservação do meio ambiente.

O espetáculo “Zapt e Zupt – Traques e Truques para manter o Verde Vivo” será realizado às 15h na Praça de Eventos e será gratuita. 

O enredo conta a luta dos Palhaços Juriti, Curió e a trupe Zapt e Zupt para proteger a última árvore da praça, a Maria Peroba, que está sendo maltratada por um comerciante.


Com músicas ao vivo e coreografias que oferecem um passeio pelas danças populares, a criançada vai se divertir com as brincadeiras infantis apresentadas pelos jovens atores. 

A direção é do Professor William Smith e tem produção da Cia Olhares, comandada por Benício Jr.

Serviço

Horário: 15:00hs 
Local: polo Caruaru na Praça de eventos.


Fonte: Assessoria


Ler Mais

Escritório modelo atende demandas da advocacia em Caruaru


Os jovens advogados de Caruaru e região, àqueles com até cinco anos de inscrição na OAB-PE, que ainda não dispõem de espaço para atender seus clientes, podem contar com a estrutura do Escritório Modelo. Fruto da parceria entre a CAAPE, Subseccional OAB de Caruaru e o Plus Office Escritório Virtual.

O programa consiste na locação de endereço comercial ou fiscal; atendimento telefônico personalizado; recepção completa; salas executivas e de reunião; recepção de mensagens e fax; internet banda larga; telefonia digital; auditório para até 30 pessoas; cafeteria e espaço verde; estacionamento e serviços postais.

“Este é um importante apoio que damos para os advogados e advogadas em início de carreira, uma vez que muitos ainda não têm um portfólio de clientes que justifique ou compense os altos custos iniciais para a abertura e manutenção de um escritório convencional”, destaca o presidente da CAAPE, Bruno Baptista. Ele ressalta, ainda, que este programa deverá ser estendido para outras cidades do interior. “Recentemente, a estrutura do Escritório Modelo foi lançada em Timbaúba, numa parceria com a Subseccional OAB local”, complementa.

Serviço

Em Caruaru, os profissionais interessados em utilizar o espaço devem fazer o agendamento por telefone. O número é (81) 3137.0891 ou pessoalmente. 

O Escritório Modelo fica localizado na Avenida Marijó de Farias, 153, no Bairro Universitário, em Caruaru. 

A taxa cobrada pela hora utilizada é de R$ 10,00. O advogado que desejar utilizar a sala por um maior período de tempo ainda pode aderir a planos com 50% de desconto.

Fonte: Assessoria
Ler Mais

Colégio Motivo realiza campanha de conscientização e cuidado aos animais em Caruaru


Neste domingo dia (28), os alunos do Colégio Motivo realizam a campanha I Encãotro Motivo, que vai oferecer adoção responsável de cães e gatos e atendimento gratuito com veterinários. O objetivo é conscientizar a população da importância de ter cuidado com os animais e com o meio ambiente. Saquinhos e panfletos serão distribuídos para conscientizar a população dos direitos dos animais, os deveres dos donos e também sobre a importância da preservação do meio em que vivem.
 
A ideia surgiu com a turma do 6° ano, após a leitura do livro “Três animais” que fala dos maus tratos sofridos por três bichos. A leitura, feita na disciplina de Língua Portuguesa, despertou tanto interesse nos alunos que a equipe de professores decidiu realizar uma ação maior. O encãotro, como foi batizada o encontro, será das 15h30 às 18h, na Avenida Agamenon Magalhães, próximo ao Hemope, na transversal da Avenida Oswaldo Cruz.
 
De acordo com Viviane Ley, coordenadora pedagógica do colégio, a iniciativa é importante, pois parte dos alunos e do que eles trabalharam em sala de aula: “O protagonismo é um dos nossos mecanismos de trabalho, que mostramos ao aluno o quanto ele é responsável pela sociedade em que vive, essa ação mostra o quanto eles se preocupam com a sociedade e têm o poder de mudá-la”.
 
A iniciativa também será realizada por alunos das outras unidades do Motivo em Recife e Petrolina. 

Fonte: Assessoria
Ler Mais

Diocese de Caruaru realiza domingo a 4ª edição do Rios de Água Viva

 
Um dos maiores evento católico de Pernambuco e que reúne fiéis de todo o Nordeste, será realizado no próximo domingo (28), em Caruaru. É a 4ª edição do Rios de Água Viva. Este ano, o tema central será: "A nossa esperança está na misericórdia divina" e terá a participação do padre João Carlos e da Banda Fulô de Mandacaru.
 
O objetivo é lançar um grito de esperança em meio ao pessimismo que assola as pessoas diante da realidade negativa de corrupção, miséria e violência. Os católicos tomarão as ruas da cidade numa grande manifestação de esperança e de crença num mundo melhor.
 
Nesta edição, os rios serão todos de uma única cor, o verde, simbolizando a esperança. Serão sete catequeses que sairão em procissão de pontos estratégicos do município, a partir das 14h, em direção ao Pátio de Eventos. Quando todos os Rios chegarem, será realizada a celebração eucarística presidida pelo Bispo Diocesano de Caruaru, Dom Bernardino Marchió.
 
Em seguida sobe ao Palco o padre João Carlos, cantando sucessos católicos e para encerrar a celebração, a Banda Fulô de Mandacaru.
 
Pontos de concentração:
 
1 – Religiosidade popular (Paróquia Nossa Senhora Guadalupe – Santa Rosa)

2 – Família, Juventude e Educação (Casa da Criança - Indianópolis)

3 – Pastorais Sociais e Ecumenismo (Casa dos Pobres São Francisco de Assis - Centro)

4 – Catequese, Liturgia e Missionários (Catedral - Centro)

5 – Terço dos Homens (Paróquia de Nossa Senhora Aparecida - Rendeiras)

6 – Novas Comunidades (Manain – Maurício de Nassau)

7 – Movimentos Leigos (Paróquia do Monte Carmelo - Salgado)
 
Fonte: Diocese de Caruaru
Ler Mais

Tarifa zero no transporte público tem rejeição no Congresso

 
Os parlamentares brasileiros rejeitam a ideia de tarifa zero para o transporte público, assim como tomadores de decisão e formadores de opinião do setor, mostra pesquisa divulgada nesta terça-feira (23) de agosto, pela Associação Nacional de Empresas de Transportes Urbanos (NTU).

A pergunta foi feita a 224 deputados e 25 senadores, de 27 partidos diferentes. A tarifa zero é desaprovada por 71,8% deles, enquanto 16,7% aprova. O restante não opinou. Entre os 100 economistas, gestores municipais, estaduais e federais entrevistados, a rejeição chega a 85%.

Já em relação à origem dos recursos para financiar o transporte coletivo, os dois grupos divergem. Enquanto grande parcela dos parlamentares, 47,5%, disse que o dinheiro deve vir dos orçamentos públicos, a maior parte dos especialistas e gestores, 33%, respondeu que usuários de carro sejam a principal fonte de custeio.

Para isso, os representantes do setor defendem que seja criado uma nova contribuição municipal sobre combustíveis cujos recursos seriam destinados somente à operação do transporte coletivo. O objetivo é desincentivar o deslocamento individual e permitir uma redução do preço das passagens. Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria o tributo tramita desde 2007 na Câmara.

“Não mexe na Cide atual, porque o governo não quer que mexa nesse recurso”, disse Otávio Vieira da Cunha Filho, presidente da associação. “As simulações que a gente fez é que 10 centavos no preço da gasolina pode representar uma arrecadação de R$ 11 bilhões por ano. Isso é mais ou menos 30% do custo do transporte público hoje no Brasil. Com isso, as tarifas poderiam ser reduzidas em R$ 1,20.”

A proposta, no entanto, tem como obstáculo a aversão geral à criação de novos impostos, sobretudo em ano eleitoral. “Vai ser muito difícil aprovar essa proposta este ano”, reconheceu o deputado Júlio Lopes (PP-RJ), que defende a proposta na Câmara. “Mas é um trabalho que tem que ser feito a longo prazo. Há que se ter a visão de que a instituição da Cide municipal implica na revisão de alguns impostos federais que estão em demasia", acrescentou.


Fonte: Agência PE4 com informações da Agência Câmara
Ler Mais

Morre o jornalista pernambucano Geneton Moraes Neto, aos 60 anos


Morreu nesta segunda-feira o jornalista Geneton Moraes Neto, aos 60 anos. Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Gávea, no sul do Rio de Janeiro, desde maio. A assessoria de imprensa do hospital confirmou a morte, mas não deu mais nenhum detalhe, a pedido da família do jornalista.

Geneton nasceu em Recife, Pernambuco, em 13 de julho de 1956. Seus primeiros artigos em um jornal foram publicados no suplemento infantil do Diário de Pernambuco nos anos 1970, quando tinha apenas 13 anos.  Mais velho, foi empregado no próprio Diário como jornalista.

Na década de 80, trabalhou na sucursal do Nordeste do jornal O Estado de S.Paulo como repórter.

Depois de uma temporada em Paris em que estudou cinema na Universidade Sorbonne, Geneton voltou ao Brasil e passou a trabalhar na Rede Globo Nordeste como editor e repórter. Foi também para a sede da emissora, no Rio, onde atuou como editor-executivo do Jornal da Globo e do Jornal Nacional e repórter e editor-chefe do Fantástico, entre outros cargos.

Nos últimos anos, fazia reportagens especiais para a Globonews.

Geneton também publicou livros, como Hitler/Stalin: o Pacto Maldito, Nitroglicerina Pura, e O Dossiê Drummond: a Última Entrevista do Poeta.



Ler Mais

Mais Médicos corre risco de perder 2 mil estrangeiros


Os Municípios brasileiros que participam do Programa Mais Médicos correm o risco de perder pelo menos 2 mil profissionais a partir do dia 30. Daqui a uma semana, no dia 29, termina o prazo para que o Congresso Nacional aprove o projeto que converte em lei uma Medida Provisória, editada este ano, que permite a prorrogação do prazo de atuação de médicos estrangeiros no programa por mais três anos.

O prazo para aprovação do projeto é apertado. Não há garantias nem de que o texto seja aprovado na Câmara dos Deputados. O presidente, Rodrigo Maia (DEM), está fazendo um esforço concentrado às segundas e às terças-feiras para que MPs sejam votadas, mas prefere não fazer previsões. Se aprovado, o texto ainda segue para o Senado, onde a MP precisa ser apresentada e também votada, o que é outro problema. A votação final do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff começa na quarta-feira e deve monopolizar todas as atenções por até uma semana.

Caso o prazo de votação não seja atendido, automaticamente os profissionais estrangeiros que vieram para o Brasil há três anos para atuar no Mais Médicos – e não tiveram necessidade de validar o diploma obtido no exterior – perdem o direito de atender pacientes. E o número deverá aumentar a cada dia, conforme os contratos forem vencendo. A estimativa é de que, até janeiro, 7 mil profissionais (a maioria de cubanos) completem o prazo máximo de permanência no País.

50 dias

O Ministério da Saúde já reconhece não haver solução rápida para uma eventual perda do prazo para a votação do projeto de conversão da MP. Teoricamente, uma das alternativas seria requisitar ao governo cubano o envio de novos profissionais para atuar no programa. Essa operação, por si só, demandaria tempo. Isso porque não basta recrutar, providenciar transporte e estadia. Profissionais estrangeiros que aderem ao projeto têm de fazer um curso de adaptação de três semanas, onde recebem noções de português e sobre o Sistema Único de Saúde (SUS). A estimativa é de que uma reposição da vaga demoraria pelo menos 50 dias.

E há outra agravante. Essa operação ocorre em um momento em que Ministério da Saúde e governo cubano negociam uma eventual manutenção do contrato de envio de médicos daquele país para atuar no Brasil. Cuba reivindica um aumento de até 30% no valor do contrato, usando como justificativa a mudança no câmbio. O governo brasileiro, por sua vez, afirma não haver recursos para isso.

Enquanto o impasse não é resolvido, governos brasileiro e cubano fizeram um trato para reposições pontuais até as eleições municipais. Esse acordo, no entanto, será inútil, caso a votação não seja feita no prazo previsto. Não há como trazer tantos profissionais, em um curto período de tempo. Procurada, a equipe do Ministério da Saúde afirma que será feito um esforço para que o projeto seja votado rapidamente.

Fonte: O Estado de S. Paulo.


Ler Mais

Abertas as inscrições para vagas remanescentes do Fies



Começou nesta segunda-feira (22) as inscrições para as vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre de 2016. O prazo para os estudantes não graduados que tenham sido pré-selecionados no processo regular vai até o dia 28. No dia 26, começam as inscrições para os estudantes graduados pré-selecionados.

A inscrição é gratuita e feita exclusivamente pela internet, na página do FiesSeleção. Em seguida, o estudante deve acessar o Sistema Informatizado do Fies e concluir sua inscrição em dois dias úteis subsequentes.

Pode se inscrever às vagas remanescentes o estudante que tenha renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos, tenha participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a 0.

O Fies é o programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores em instituições privadas com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Nesta edição, foram ofertadas 75 mil vagas.

O programa oferece financiamento a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Fonte: Estadão Conteúdo


Ler Mais

Especialistas querem mudanças na remuneração e na regra de saque do FGTS


Diante da baixa rentabilidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do uso político dos recursos para financiar projetos de infraestrutura nem sempre atrativos, especialistas sugerem várias mudanças nas regras do benefício trabalhista. As alterações vão desde a liberação das contribuições para custear planos de previdência privada até mudanças radicais para transformar o fundo em uma fonte de custeio do seguro-desemprego.

Para o economista Helio Zylberstajn, professor da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP), o FGTS deveria ser remunerado a taxas de mercado, além de deixar de financiar políticas públicas. Ele detalha que enviou ao Ministério da Fazenda uma série de propostas para alterar as normas do fundo que valeriam apenas para quem ingressasse no mercado de trabalho após a aprovação do projeto no Congresso Nacional.

Zylberstajn defende que tanto trabalhadores da iniciativa privada quanto do setor público tenham o fundo, e que a conta deixe de ser vinculada ao emprego, considerando-se cada pessoa, por meio do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Além disso, o economista acha que as primeiras contribuições deveriam ser usadas para formar uma poupança que custearia o seguro-desemprego para quem trabalha no setor privado.

“O trabalhador não poderia sacar os recursos durante toda a vida laboral. Quando chegasse o momento da aposentadoria, ele transformaria a poupança em renda vitalícia. O contrato de gestão poderia continuar sendo com a Caixa Econômica Federal”, diz.

O economista da USP explica que, com esse modelo, o trabalhador deixaria de onerar os cofres públicos em caso de demissão, mas manteria seu benefício a longo prazo. “Isso incentivaria o fim da rotatividade no emprego, uma vez que estimularia o segurado a procurar uma nova ocupação rapidamente para o fundo não ficar desfalcado”, avalia. Na opinião do economista, muitas pessoas forçam uma demissão para receber o seguro-desemprego pago pelo governo, com um custo fiscal pesado.

Atenção

Alheia às discussões sobre mudanças no FGTS, a cobradora de ônibus Maria Divina da Silva, 43 anos, acompanha mensalmente a formação da sua poupança com as mensagens de celular que recebe quando o depósito é feito. Ela conta que, atualmente, tem mais de R$ 3 mil na conta.

Nem sempre Maria teve essa atenção. Empregada com carteira assinada desde 1999, não se recorda de acompanhar a evolução da poupança desde 2013, quando a empresa em que trabalhava encerrou as portas. Ela não sabia que teria direito a receber o benefício e uma multa de 40%, o que foi uma boa surpresa. “Paguei várias dívidas que tinha e passei a acompanhar cuidadosamente quanto eu tenho na conta. Esse dinheiro é importante”, diz.

Fonte: Agência PE4


Ler Mais

Brasil é ouro no vôlei e acaba com jejum de 12 anos


O Brasil conquistou neste domingo, último dia de competições da Olimpíada Rio 2016, o tricampeonato olímpico no vôlei masculino e a sétima medalha de ouro do país no Rio de Janeiro ao superar a Itália por 3 sets a 0 no Maracanãzinho.

Em sua quarta final olímpica seguida, após o ouro em Atenas 2004 e as pratas em Pequim 2008 e Londres 2012, a seleção brasileira venceu com parciais de 25-22, 28-26 e 26-24 para conquistar também a 19a medalha do Brasil na Rio 2016.

A Itália, que na primeira fase do torneio olímpico no Rio havia derrotado o Brasil por 3 sets a 1, ainda seguirá buscando seu primeiro título olímpico no vôlei masculino, e chegou à sua terceira prata. Havia perdido para o Brasil em Atenas e foi vice-campeã em Atlanta 1996.

O Brasil contou com ótima atuação de Wallace, principal pontuador do jogo, marcando 20 vezes para o Brasil.

Na primeira parcial, o Brasil chegou a abrir cinco pontos de vantagem, em 19-14, os italianos conseguiram reduzir para dois pontos, mas no segundo set point, Ivan Zaytsev, da Itália, errou o saque e o Brasil fechou o primeiro set em 25-22.

No intervalo para o segundo set, Neymar, que na véspera conquistou a inédita medalha de ouro no futebol, apareceu no telão mandando uma mensagem para o time de vôlei e foi ovacionado pelo Maracanãzinho.

O segundo set começou equilibrado com a Itália na frente com uma pequena vantagem, até Lipe passar pelo saque do Brasil e abrir três pontos de frente. Os italianos, no entanto, se recuperaram e não permitiram que o Brasil desgarrasse, igualando mais uma vez a parcial.

O panorama seguiu assim até que Gianelli errou o saque, desperdiçando um set point para a Itália. Mauricio Souza foi para o serviço e o Brasil conseguiu o ponto com Wallace bloqueando Zaytsev. Na sequência, Maurício fechou a parcial em 28-26 com um ace.

O terceiro set foi mais uma vez equilibrado e foi decidido em um bloqueio de Lipe sobre Zaytsev, que fechou a parcial em 26-24 e levou o Maracanãzinho a gritar em peso "o campeão voltou".

O ouro conquistado neste domingo também consagra dois ícones do vôlei brasileiro. O técnico Bernardinho chega pela sexta vez seguida ao pódio olímpico, depois de alcançar o feito com o time feminino em Atlanta e em Sydney 2000, e o líbero Serginho, que se torna o maior medalhista olímpico do Brasil em esportes coletivos, com dois ouros e duas pratas.

Fonte: Agência PE4

Ler Mais

Brasil bate a Alemanha e fatura o inédito ouro olímpico do futebol


Fim do jejum. No Maracanã, nas cobranças de pênalti e contra a Alemanha, o Brasil garantiu o último título que faltava ao seu futebol. Depois do empate em 1 a 1 no tempo normal, a Seleção derrotou a Alemanha na cobrança de pênaltis e garantiu o ouro inédito. Com o resultado, o Brasil chega a seis medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio.

O JOGO

O primeiro tempo entre Brasil e Alemanha começou equilibrado. A primeira chance foi dos visitantes e o travessão brasileiro foi carrimba. Em bela troca de passes, Brandt finalizou na trave, assustando o goleiro Weverton.

O Brasil respondeu logo depois. Após bela jogada, Neymar tocou para Douglas Santos, que cruzou na medida para Luan, porém, o jogador brasileiro não pegou bem na bola e facilitou o corte de Süle.

Aos 26 minutos, a seleção brasileira conseguiu o seu gol. Em falta próxima ao gol, Neymar cobrou com perfeição, sem chances de defesa para o goleiro Horn.

Atrás do placar, a Alemanha foi para cima e colocou a bola na trave brasileira em mais uma oportunidade. Meyer jogou a bola na área, Bender desviou e a bola tocou no travessão.

O Brasil seguiu inferior no segundo tempo e levou o empate. Após falha da zaga brasileira, a bola saiu da direita pra o meio e Meyer finalizou, sem chances de defesa para o goleiro Weverton.

Precisando novamente de gols, o Brasil finalmente chutou uma bola no gol alemão. Aos 17 minutos, Renato Augusto arriscou de fora da área e a bola acabou indo para fora, assustando o goleiro Horn. O Brasil evoluia e criou uma bela chance logo depois. Renato Augusto avançou e cruzou para Gabriel Jesus, o atacante errou por pouco, mandando para fora.

A seleção brasileira seguia melhor no jogo. Neymar tentou chamar a responsabilidade e lançou Felipe Anderson, o meia se enrolou e não finalizou. Depois, o camisa 10 chamou a zaga alemã para dançar e arriscou de fora da área, a bola acabou indo para fora.

Os últimos minutos foram de pressão do Brasil, mas sem muita criatividade, fechada, a Alemanha conseguiu evitar as chances de gol da equipe verde e amarela e o duelo foi para a prorrogação.

Prorrogação

O primeiro tempo da prorrogação foi mais equilibrado com duas chances para cada equipe. O Brasil chegou bem em lance de Neymar, que lançou Luan, porém, o jogador do Grêmio se enrolou na hora de finalizar e perdeu a chance. A oportunidade alemã aconteceu em contra-ataque. Petersen lançou e Brandt apareceu na grande área e tocou por cima do gol.

A segunda etapa começou com outra grande oportunidade do Brasil. Neymar lançou Felipe Anderson, mas o jogador brasileiro chutou mal em cima do goleiro alemão. O restante da prorrogação seguiu sem maiores emoções e decisão foi para os pênaltis.

Penalidades

Nas penalidades, as cobranças eram realizadas com perfeição por ambos os lados. Ginter, Gnabry, Brandt e Süle fizeram para a Alemanha. Marquinhos, Rafinha Alcântara e Luan acertaram para o Brasil. Até que chegou a vez de Petersen cobrar, o artilheiro alemão cobrou e Weverton defendeu. A bola do ouro foi de Neymar, que converteu a cobrança e deu o título olímpico ao Brasil.

FICHA TÉCNICA

Brasil 1 (5) x (4) 1 Alemanha
Data e horário: 20/8, às 17h30
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)

Auxiliares: Reza Sokhandan e Mahammadreza Mansouri (ambos do Irã)
Cartões amarelos: Zeca e Gabriel (BRA); Selke, Prömel e Sven Bender (ALE)
Gols: Neymar, aos 26'/1ºT (1-0); Meyer, aos 13'/2ºT (2-0)

Brasil: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto; Gabriel (Felipe Anderson, aos 25'/2ºT), Luan, Gabriel Jesus (Rafinha, aos 5'/1ºP) e Neymar. Técnico: Rogério Micale.

Alemanha: Horn, Toljan, Klostermann, Ginter e Süle; Sven Bender, Meyer, Lars Bender (Prömel, aos 22'/2ºT), Brandt e Gnabry; Selke (Petersen, aos 31'/2ºT). Técnico: Horst Hrubesch.

Fonte Agência PE4

Ler Mais

Conta de luz voltará a subir em setembro


O alívio que os brasileiros tiveram na conta de luz, sem cobrança adicional por conta da bandeira verde, em vigor desde abril, está com os dias contados. Especialistas do setor elétrico estimam que, em setembro, a sinalização será amarela, com acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts/hora consumidos (kWh). Há quem aposte até em bandeira vermelha a partir de outubro, com custo extra mais alto. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) só divulgará a cor em 26 de agosto.

As projeções dos técnicos se baseiam no cenário atual. Do lado da oferta, os níveis dos reservatórios estão em queda, sobretudo no Nordeste, onde atingiram preocupantes 21% da capacidade total (veja quadro). Pelo viés da demanda, o consumo de energia, que vinha em retração por conta da crise econômica, aumentou 1,2% em julho deste ano ante igual mês de 2015. Se essa tendência permanecer em pleno período seco, o governo não terá como evitar o acionamento das usinas termelétricas, de custo elevado.

O sistema de bandeiras tarifárias existe desde 2015 para sinalizar aos consumidores as condições de geração de eletricidade. Quando o quadro hidrológico é favorável, apenas térmicas com custo até R$ 211 por megawatt/hora (MWh) são despachadas e a cor é verde, sem acréscimos na conta. Se for necessário acionar usinas com custo de até R$ 422 por MWh, a bandeira passa a amarela. A vermelha tem duas categorias: R$ 3 adicionais por cada 100kWh consumidos quando o MWh de energia termelétrica chega a R$ 610; e cobrança extra de R$ 4,50 quando o custo passa desse valor.

O presidente do Instituto Acende Brasil, Cláudio Sales, explicou que cada usina tem um tipo de combustível, e é isso que afeta o custo. “As de gás natural são as mais eficientes e mais baratas. As de óleo diesel são mais caras. O sistema precisa de todas para ter segurança, mas elas são acionadas conforme o custo e a necessidade”, disse.
Em 2015, os brasileiros desembolsaram quase R$ 15 bilhões a mais pela energia elétrica só por conta da bandeira vermelha, que permaneceu em vigor quase o ano inteiro, e as tarifas dispararam 50% em média. Sales ressaltou, contudo, que a falta de chuvas foi responsável apenas por 56% do tarifaço. “Erros e decisões de governo e a cobrança de encargos embutidos na Conta de Desenvolvimento Energético também contribuíram”, calculou.

Risco

Na opinião de Marco Afonso, especialista em energia da consultoria de infraestrutura CGI, a bandeira amarela deve entrar em setembro. “O nível dos reservatórios está muito baixo no Nordeste e preocupante no Sudeste, que é a região que mais demanda energia no país, sobretudo com consumo industrial, mas também residencial, pois engloba os estados mais populosos. E a incidência de chuvas até o fim do ano é baixa. Além disso, o consumo começou a subir”, explicou.

Segundo Afonso, há risco para 2017. “E não é baixo. Algo em torno de 30%. Mas não falo de ameaça de apagão, e sim de redistribuição de energia, ou seja, de bandeira vermelha por muito tempo. Ela deve começar a vigorar em outubro, se não chover, e permanecer por vários meses”, projetou. Ele lembrou que o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), que é o custo da energia no mercado à vista, está subindo. “Isso aponta estimativa de maior demanda, sem oferta. Hoje, está em R$ 124 o MWh e a projeção é passar para R$ 200. Um aumento de mais de 60% num período curto”, calculou.

Fonte: Agência PE4
Ler Mais

Juiz define tempo de campanha dos candidatos a Prefeitura do Caruaru


A Justiça Eleitoral em Caruaru, divulgou nesta sexta-feira (19), o tempo de guia eleitoral dos candidatos a Prefeitura de Caruaru. Este ano não haverá guia eleitoral para vereadores. Os candidatos a prefeito é quem poderão usar o espaço para divulgar suas campanhas.

Em Caruaru, quem terá mais tempo de exibição de programa em rádio e TV, será o candidato indicado pelo chefe do executivo, Jorge Gomes (PSB), integrante da coligação, Caruaru com a Força do Povo, que ficou com um total de 3 minutos e 11 segundos.

Em seguida quem fica com a 2ª colocação em tempo de guia está o deputado estadual, Tony Gel (PMDB), que terá 2 minutos e 37 segundos para apresentar as suas propostas de retorno a Prefeitura de Caruaru.

A terceira candidatura que terá mais tempo de campanha será a deputada estadual, Raquel Lyra (PSDB), da coligação Juntos por Caruaru, que contará com 2 minutos e 35 segundos.

O tempo dos demais candidatos não chega a 1 minuto.

Veja como fica as demais candidaturas:

Erick Lessa (PR) – A Caruaru do Futuro Começa Agora: 59 segundos;

Eduardo Guerra (PSOL): 14 segundos

Rivaldo Soares (PHS): 14 segundos

Jefferson Abraão (PCB): 8 segundos



Ler Mais

Fafica realiza Feiras das Profissões e apresenta seus cursos para alunos do ensino médio



A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, Fafica, vai realizar na próxima quarta-feira, dia 24 de agosto, a Feira das Profissões, evento que tem como objetivo apresentar aos alunos do ensino médio de Caruaru e região os cursos da instituição.

Durante um dia inteiro, os visitantes terão a oportunidade de conhecer todos os cursos da graduação, incluindo Engenharia de Produção que terá vestibular em novembro, e da pós-graduação.

Nos estandes que serão montados no pátio da Faculdade, alunos, professores e coordenadores dos cursos vão apresentar as atividades de cada um deles, as áreas de atuação e exemplos de profissionais que são referências nas profissões.

Além dos estandes dos cursos, também terá muita música com DJs, apresentações culturais, jogos interativos e quiz. As atividades terão início às 8h e seguirão até às 21h.

“Toda faculdade existe em função da sociedade. Por isso, ter um dia no qual a Fafica abre as portas à comunidade para apresentar seus serviços e instalações é importante para estimular a interação do nosso grande centro de estudos com a sociedade caruaruense”, ressalta Pe. João Paulo Gomes, diretor-geral da Instituição.


Fonte: Assessoria
Ler Mais

Contos Encantados apresenta Chapeuzinho Vermelho no Polo Caruaru


Polo Caruaru, em parceria com a Cia Olhares, vai realizar neste domingo (21) o espetáculo teatral Chapeuzinho Vermelho. O espetáculo faz parte do projeto Contos Encantados e será interativo.

A história conta a saga de Chapeuzinho para se proteger do Lobo Mau, que insiste em devorar todos da vizinhança. A apresentação será realizada às 15h na praça de eventos e é gratuita.

A direção é do artista Benício Júnior, que também atua junto com as atrizes Sheila Tavares e Paula Giselly. A Sonoplastia é de Laiz Shelle.

O Polo Caruaru fica no km 62 da BR 104 e está aberto ao público das 9h às 18h. Além de praça de alimentação completa, o estacionamento é um dos maiores do polo de confecções do Agreste, com capacidade para 3 mil veículos.

Fonte: Assessoria
Ler Mais

Uso de biometria em serviços públicos começa pela Saúde


O Ministério da Saúde será o primeiro órgão da administração pública federal a utilizar os serviços de biometria propostos pelo governo federal para todos os programas sociais. Com isso, os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ser identificados pela digital.

A medida foi construída a partir de uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e irá proporcionar maior segurança no registro e acesso de informações dos cidadãos, além de contribuir para evitar fraudes.

O projeto piloto para o novo modelo de identificação deve começar em serviços ofertados pela atenção básica já a partir do próximo ano. O acordo foi fechado, em reunião entre o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti.

Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, este será um importante passo para o aperfeiçoamento dos sistemas em saúde. “Estamos fazendo um esforço enorme para acelerar a informatização no SUS, que é uma prioridade na minha gestão. Estamos conseguindo a adesão de muitos parceiros, e não tenho dúvidas de que irá melhorar os serviços de saúde”, avaliou.

Ainda segundo o ministro, a biometria irá permitir a disponibilização segura do prontuário eletrônico do paciente, já iniciado a partir do Cartão SUS – identidade do cidadão no acesso aos serviços de saúde público e privado.

O secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti, parabenizou o pioneirismo. "O Ministério da Saúde saiu na frente na implementação da biometria para simplificar o atendimento aos brasileiros. Os dados do TSE serão utilizados para garantir a plena identificação dos cidadãos e a segurança de seus dados. A Secretaria de Tecnologia da Informação dará total apoio na implementação deste projeto, que revolucionará os serviços públicos", disse.

O uso da biometria para identificar cidadãos nos bancos de dados ou em serviços públicos faz parte de uma política de governo para aperfeiçoar os programas sociais a partir de uma parceria com o TSE para utilização da base biométrica.

Fonte: Agência PE4


Ler Mais

Muitos trabalhadores em Caruaru ainda não sacaram o PIS ano-base 2014


Muita gente não sabe, mais o novo prazo para sacar o Abono Salarial do PIS - Programa de Integração Social - ano-base 2014, termina no dia 31 de agosto. Mais de 900 mil brasileiros ainda não retiraram o benefício, disponível em qualquer agência da Caixa Econômica Federal.

Em Pernambuco, são 28 mil 771 trabalhadores que deixaram de retirar o abono, sendo 2 mil 173 em Caruaru, que ainda não fizeram o saque. O valor é de um salário mínimo, atualmente em 880 reais.

Têm direito ao abono salarial os trabalhadores que tenham exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias em 2014 e recebido até dois salários mínimos por mês nesse período. Além disso, é necessário estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício no site do Ministério do Trabalho.
 
Novo calendário

Já o calendário do PIS/PASEP 2016/2017 começou em 28 de julho, com atendimento aos trabalhadores nascidos em julho. A partir desta quinta-feira (18) recebe quem nasceu em agosto.

De acordo com o calendário, quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2016. Já os nascidos entre janeiro e junho receberão no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.
 
Novas regras

Este ano, a principal novidade fica por conta das novas regras estabelecidas pelo governo federal para o saque do benefício. Segundo o novo regimento, o valor do PIS é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior.

Quem trabalhou um mês no ano-base 2015 receberá 1/12 do salário-mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12, e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2015 completo.

Também só terá direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários-mínimos mensais, com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2015.

Fonte: PIS/PASEP
Ler Mais

TSE faz modificações para aumentar segurança nas urnas eletrônicas


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou  (16) que solucionou os problemas encontrados no Teste Público de Segurança 2016 feito por um grupo de investigadores nas urnas eletrônicas no início do ano. As soluções foram verificadas pelos investigadores nesta quinta-feira. Entre as alterações está a melhoria nos sistemas para a votação de eleitores com deficiência visual.

Em março deste ano, durante três dias, especialistas em informática tentaram quebrar a segurança das urnas eletrônicas. Essa foi a terceira edição do teste e o diferencial da edição deste ano é que foi a primeira depois que o tribunal aprovou uma resolução tornando os testes obrigatórios antes das eleições.

“Nesse momento nós estamos justamente no final do evento do teste que é a verificação da eficácia das ações corretivas adotadas nas fragilidades encontradas nesse teste de segurança”, disse o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giusepe Janino.

Captação de áudio

O grupo que esteve hoje no TSE é formado por integrantes da Universidade de Taubaté (SP). O teste feito por eles verificou a possibilidade de captação de áudio emitido pela urna durante o voto de pessoas com deficiência visual. Segundo o tribunal, quando uma pessoa que tem essa deficiência vai votar, ela pode fazer uso de um fone de ouvido para escutar o áudio da urna que confirma oralmente os números que a pessoa digitou.

“Percebemos que uma possibilidade seria trabalhar com o áudio da urna. Nesse caso percebemos que esse áudio poderia ser capturado no meio externo”, diz o professor de inteligência artificial da Universidade de Taubaté Luis Fernando de Almeida, que integra o grupo de investigadores. O professor diz que para que o áudio fosse captado seria necessário que alguém colocasse um dispositivo externo no equipamento.

Outro fato analisado era a possibilidade de o áudio ser ativado sem que o eleitor soubesse. “Essa violação consiste na conivência, na participação das pessoas que estão ali envolta dessa sessão de tal forma que alguém tem que colocar este dispositivo. Então existem duas coisas, na nossa visão, que são importantes. Primeiro: alguém colocar o dispositivo e as outras pessoas não perceberem ou estarem participando, e outro fator é, o áudio, quando é habilitado, o eleitor não sabe”.

Sugestões ao TSE

Depois do teste em março, o grupo fez sugestões ao TSE para resolver a vulnerabilidade. “As duas opções que falamos foi reforçar o monitoramento na urna para verificação constante se ela está intacta e ninguém colocou algum dispositivo externo que não poderia e ela ser mais transparente com relação a sua interação com o eleitor, ou seja, se porventura o mesário habilitar o áudio, ou o áudio já vier previamente habilitado, ter alguma maneira de o eleitor ficar sabendo para poder questionar. Essas foram algumas das sugestões que fizemos”, diz Almeida.

Segundo o TSE, o problema foi resolvido e, a partir de agora, o áudio da urna será ativado por meio de um código que será habilitado pelo mesário. A ativação só vai acontecer quando o eleitor que necessita fazer uso do recurso chegar à seção na qual vai votar. De acordo com informações do Tribunal, uma mensagem na tela vai informar ao eleitor que o áudio foi ativado, assim, a pessoa que não possui deficiência visual poderá verificar se o recurso foi ativado e assim informar o problema aos mesários da seção.

“A importância [do teste] é demonstrar o diferencial que o Brasil tem. É o único país do mundo que realiza um evento nessa magnitude, ou seja, abrir o seu sistema eleitoral para que eventuais hackers venham tentar quebrar as barreiras de segurança. O mais importante disso é dar a contribuição, de mostrar pontos eventuais de fragilidades e possibilitar que nós venhamos a fazer as ações corretivas”, disse Janino.

Fonte: ABr Reportagem de Michèlle Canes
Ler Mais

Morre aos 71 anos a atriz Elke Maravilha

 
Morreu na madrugada de hoje, no Rio de Janeiro, a atriz, apresentadora, jurada e modelo Elke Georgievna Grunnupp, a Elke Maravilha. Ela estava internada há quase um mês na Casa de Saúde Pinheiro Machado, após uma cirurgia para tratar uma úlcera e teve falência múltipla dos órgãos.

Nascida na Rússia em fevereiro de 1945, Elke se mudou para o Brasil com a família aos seis anos de idade e passou a infância em um sítio em Itabira, no interior de Minas Gerais. Aos 20 anos, ela saiu de casa para morar sozinha no Rio de Janeiro.

Elke trabalhou como bancária, secretária trilíngue e bibliotecária para pagar a faculdade. Ela cursou Letras e se formou tradutora e intérprete de línguas estrangeiras, e foi professora de inglês e francês. Filha de um russo e uma alemã, desde a adolescência ela já falava nove idiomas: russo, português, alemão, italiano, espanhol, francês, inglês, grego e latim.

Apesar de não pensar em seguir carreira artística, aos 24 anos Elke começou a trabalhar como modelo e manequim, após aceitar convites recebidos devido a sua beleza considerada exótica para os padrões brasileiros. Muito alta e naturalmente loira, ela trabalhou com estilistas famosos da época. Inicialmente discreta, aos poucos ela abriu espaço para sua extravagância. 
 
"Aos poucos fui me impondo, mesmo como manequim. No início fazia um pouco o jogo, porque também sei ser chique: fazer um cabelo convencional, uma maquiagem leve, etc. Mas aquilo para mim era fantasiar-me. Eu não sou aquilo! E o legal é que os próprios costureiros começaram a entrar no meu barato, entender o meu estilo e proposta estética e fazer roupas especiais para eu desfilar", diz declaração em seu site oficial.


Fez cursos de cinema e teatro e trabalhou na televisão: foi batizada como Elke Maravilha pelo jornalista Daniel Más, e se tornou conhecida ao ser chamada dessa forma por Chacrinha, com quem ela trabalhou durante 14 anos.
 
"Um dia tocou o telefone com alguém me convidando para ir no programa do Chacrinha. Eu não conhecia porque não via televisão, mas aceitei. Então perguntei a um amigo sobre como era o tal programa e ele me disse que era um programa de auditório que tinha um apresentador que tocava uma buzina o tempo todo. Achei legal, comprei uma buzina e entrei lá buzinando; o Painho se encantou comigo e eu com ele. Foi assim que começou!”, lembra.

Trabalhando como atriz, ela começou em “Barão Otelo no Barato dos Bilhões”, com Grande Otelo, e atuou em filmes como “Pixote”, de Hector Babenco; “Quando o Carnaval Chegar” e “Xica da Silva”, de Cacá Diegues. Por sua interpretação em "Xica da Silva", Elke foi premiada com a Coruja de Ouro como melhor atriz coadjuvante. Sua estreia no cinema foi como dona de um bordel no filme “Memórias de um Gigolô”, com direção de Walter Avancini, e a atuação lhe rendeu o convite para ser madrinha da Associação das Prostitutas do Rio de Janeiro.

Ela é muito reconhecida, também, por ter trabalhado por anos como jurada dos programas de calouros de Silvio Santos, no SBT, emissora onde comandou o talkshow "Elke".

Em meio aos desfiles no início da carreira, Elke conheceu a estilista Zuzu Angel, de quem se tornou amiga. Durante a ditadura militar, em 1971, ela foi presa por desacato no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, por rasgar cartazes com a fotografia de Stuart Angel Jones, filho da amiga Zuzu, alegando que ele já havia sido morto pelo regime. Com o episódio, ela perdeu a cidadania brasileira. Atualmente, Elke possuía apenas a cidadania alemã.

Elke se casou oito vezes mas não quis ter filhos. Além da imagem marcante, o legado de sua carreira fica em mais de 10 peças de teatro, 30 filmes e cerca de 15 trabalhos e participações especiais em novelas e outros programas de televisão.

Fonte: Agência PE4
Ler Mais

Brasil testa primeira vacina autorizada no mundo contra a dengue


Começou neste sábado (13), no Brasil uma grande campanha de vacinação contra a dengue. A vacina, produzida pelo laboratório francês Sanofi Pasteur, é a primeira do mundo autorizada contra o vírus da doença.

Cerca de 500 mil brasileiros receberão a primeira vacina autorizada contra a dengue. Segundo comunicado oficial da empresa francesa Sanofi Pasteur, a campanha acontecerá no Estado do Paraná e se trata do primeiro programa de vacinação pública contra a dengue em continente americano. A Dengvaxia, primeira vacina do mundo aprovada para prevenir a doença, levou 20 anos de pesquisa e um investimento de €1,5 milhão. O produto também já está licenciado no México, Filipinas, El Salvador e Costa Rica.

"Vamos vacinar, nas próximas três semanas, todos os indivíduos de 15 a 27 anos de 28 localidades e, nas duas regiões do Paraná onde a dengue está mais presente, vacinaremos todos os indivíduos entre nove e 44 anos", anunciou Michele Caputo Neto, secretário-geral de Saúde do estado, citado no comunicado.

Segundo o secretário, a campanha de vacinação pode "implicar, dentro de cinco anos, numa redução de 74% da doença em localidades muito afetadas", com base em um estudo publicado no Brazilian Journal of Health Economics.

No estado do Paraná, que conta com 10 milhões de habitantes, a incidência da dengue e o número de mortes devido à doença triplicaram nos últimos anos, segundo o grupo farmacêutico francês. A dengue, uma doença febril transmitida por mosquitos, matou mais de 800 pessoas apenas em 2015 no Brasil.

Fonte: Agência PE4
Ler Mais

Atacadão dos Óleos

Atacadão dos Óleos

MC Auto Peças

MC Auto Peças
 
AQUI CARUARU.COM - O Seu Portal de Notícias em Caruaru | by TNB ©2010